Portal do Governo Brasileiro
PLATAFORMA ÚNICA
Detalhes
Publicado em 01/09/2023 11:42:00
Acessos: 4

UM SALTO DE EFICIÊNCIA TECNOLÓGICA PARA OS SISTEMAS DO SISCEAB/SISDABRA

Em resposta a uma demanda Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) a Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) assinou na última quarta-feira (30/08/2023), o contrato 107/CAE-CISCEA/2023, que trata do desenvolvimento da PLATAFORMA ÚNICA e materializa uma decisão estratégica de grande relevância para o Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) e Defesa Aérea (SISDABRA).

A empresa responsável pelo desenvolvimento da plataforma é a Atech – Negócios em Tecnologias S/A, que faz parte do Grupo Embraer. Atech é uma empresa reconhecida por sua expertise em tecnologias avançadas e inovação nos setores Aeroespacial e de Defesa.

 A concepção da PLATAFORMA ÚNICA concretiza resposta inovadora aos desafios de integração e modernização dos sistemas no âmbito do SISCEAB. A natureza dessa plataforma, que não se encontra pronta no mercado como um produto comercial, reflete a necessidade de uma solução customizada e abrangente para atender às demandas específicas dos diferentes sistemas que envolvem o Controle do Espaço Aéreo brasileiro, tais como: DACOM (Sistema de Defesa Aérea e Circulação Operacional Militar) e SAGITARIO (Sistema Avançado de Gerenciamento de Informações de Tráfego Aéreo e Relatórios de Interesse Operacional).

Característica fundamental da PLATAFORMA ÚNICA é a adoção de arquitetura tecnológica padronizada e modular, com Interface Homem-Máquina (IHM) flexível, que permitirá que operadores acessem módulos e serviços de outros sistemas a partir de uma única estação de trabalho.

O engenheiro Fabio Louback Espinola, da Divisão Operacional da CISCEA, responsável pela coordenação do projeto, destaca: “Seu desenvolvimento visa a possibilitar a implantação e a integração dos diversos sistemas que compõem o cenário Aeroespacial e de Defesa brasileiro. Tal abordagem contrasta com a tradicional criação de plataformas específicas para cada sistema, ao permitir a criação de uma Plataforma centralizada e compartilhada entre eles.”

Isso pode ser observado nas figuras 1 e 2: 

    

 

Clarificando, na arquitetura atual dos sistemas (figura 1), quando ocorre alguma alteração, por vezes necessária, ou se remove um módulo, podem surgir problemas em outros que estão a ele conectados.

        

 

Na arquitetura modernizada, de Plataforma Única, quando um módulo é alterado não são afetados os outros módulos do mesmo sistema, porque todos estão conectados apenas à Plataforma Única (e não um ao outro). É como se cada módulo fosse uma peça independente que não influencia as demais. De maneira lógica, isso representa economia de tempo, esforço e, consequentemente, reduz de modo significativo os custos.

Em resumo, a arquitetura flexível da PLATAFORMA ÚNICA oferece ao Comando da Aeronáutica uma solução versátil e econômica que pode ser adaptada a diversas situações operacionais. Isso é fundamental para enfrentar os desafios em constante evolução no campo da Defesa Aeroespacial e do Controle do Espaço Aéreo.

Autores: Ten Cel Av Deoclides, Eng. Renato Di Iulio e Eng. Fabio Espínola

 


 


CISCEA REALIZA VISITAS AO DTCEA-GL
Detalhes
Publicado em 28/08/2023 15:51:00
Acessos: 258

A Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) em cooperação com o Destacamento de Controle do Espaço Aéreo do Galeão (DTCEA -GL), estruturou uma programação de visitas guiadas ao Destacamento com objetivo de possibilitar ao seu efetivo a oportunidade de vivenciar em tempo real a operação do controle positivo do tráfego aéreo sob responsabilidade do DTCEA-GL.

O Presidente da CISCEA, o Brigadeiro Engenheiro Alexandre Arthur Massena Javoski, compartilhou que sua ideia com as visitas é proporcionar ao efetivo uma integração que aumente a perspectiva de conhecimento da Comissão nas especificações dos projetos, resultando em melhor qualidade das especificações técnicas para contratação, buscando assim atender com maior nível de excelência as necessidades operacionais solicitadas, vivenciando a prática da operação e assim aprimorar os resultados.

No dia 08 de agosto de 2023, integrantes da Divisão Operacional (DO) da Comissão realizaram a primeira visita. A colaboradora Leticia Bartholini do Setor de Planejamento e Controle da Divisão Operacional relatou em suas palavras que: “A oportunidade de presenciar, as comunicações entre os controladores e as aeronaves foi enriquecedora. Fiquei impressionada com a tecnologia e a infraestrutura disponíveis na Torre de Controle e no APP-RJ (Approach control – Controle de aproximação). A capacidade de monitorar múltiplas aeronaves em tempo real e coordenar suas operações de forma eficaz é admirável".

  

Na última quarta-feira (23/08), foi realizada a segunda visita, de uma programação inicial de seis, que possibilitarão que aproximadamente 100 colaboradores da CISCEA tenham a oportunidade de vivenciar a operação in loco da Torre de Controle do DTCEA -GL e do APP-RJ. Os visitantes do dia relataram ficar muito impressionados e contentes com a oportunidade, contagiando o restante do efetivo para as próximas visitas.

  

A Engenheira de Produção Nathália Alverca, do Centro de Controle Operacional (VCO) da CISCEA, enfatizou: “A visita foi extremamente proveitosa, uma vez que foi possível ver e entender no ponto de vista operacional os sistemas que são projetados, especificados e implantados pela CISCEA, e agradeceu ainda pela atenção e gentileza prestada pela equipe do Destacamento em toda a recepção”.

  

 

Assessoria de Comunicação Social da CISCEA

Texto: 2S QSS SIN Marcos Vinicius de Carvalho Santoro

Revisão: 2ª Ten ADM Ana Carolina Verta


Inauguração do Radar Secundário em Petrolina (PE)
Detalhes
Publicado em 30/07/2023 11:02:00
Acessos: 68

A Força Aérea Brasileira reforçou o sistema de vigilância do espaço aéreo na região Nordeste do País com a inauguração, na manhã da última sexta-feira (28/07), de um novo radar secundário autônomo, no aeroporto de Petrolina Senador Coelho, em Pernambuco. Os radares secundários se comunicam com as aeronaves por meio do transponder, enviando interrogações sobre sua identificação, posição e velocidade e recebendo respostas que permitem aos controladores de tráfego realizarem um monitoramento mais preciso do espaço aéreo, identificando possíveis voos não autorizados. 

 

O radar RSM970S NG, de última geração, faz parte de um contrato estabelecido entre o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), por meio da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), junto ao consórcio das empresas Omnisys Engenharia e Clemar Engenharia. Ao todo, o Brasil conta com 69 equipamentos similares em operação em todo o território nacional. O acordo prevê, ainda, a instalação de mais um radar, em Bom Jesus da Lapa, na Bahia, em 2024.

 

A cerimônia contou com a presença do Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Alcides Teixeira Barbacovi; do Vice-Diretor, Major-Brigadeiro do Ar Marcio Bruno Bonotto;  do presidente da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), Brigadeiro Engenheiro Alexandre Arthur Massena Javoski; do Chefe do Subdepartamento Técnico do DECEA, Brigadeiro Engenheiro Alessander de Andrade Santoro;  do chefe do Subdepartamento de Administração do DECEA, Brigadeiro Engenheiro André Eduardo Jansen; do comandante do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), Oscar Vinicius Pisco Rocha da Silva. Também estiveram presentes o presidente da Omnisys, Rodrigo Gonzales Modugno, o representante da Clemar, José Luiz D’Aquino e o Diretor-Geral da Thales Brasil, Luciano Macaferri Rodrigues.

 

“A instalação de mais dois radares secundários na Região Nordeste reforça o compromisso do DECEA com a sua missão de contribuir para a garantia da soberania nacional, mantendo o aprimoramento contínuo do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro” afirmou o Tenente-Brigadeiro Barbacovi.

      

O equipamento instalado em Pernambuco é certificado pelo Ministério da Defesa como um Produto Estratégico de Defesa (PED). Foi fabricado em São Bernardo do Campo (SP), na sede da Omnisys, habilitada a aplicar em seus contratos o Regime Especial Tributário para Indústria de Defesa (RETID).

 

 

Assessoria de Comunicação Social

Texto: Tenente Fernanda Pereira

Revisão: Major Aviador Lopes

 

 

 

 

 

 

 


“Portões Abertos MUSAL " - 150 ANIVERSÁRIO DE SANTOS DUMONT
Detalhes
Publicado em 24/07/2023 14:21:00
Acessos: 9

 

O “Portões Abertos do Museu Aeroespacial (MUSAL)”, com entrada gratuita, ocorrerá nos dias 29 e 30 de julho, com várias atrações e atividades programadas, como a exposição da réplica da aeronave F-39 Gripen, demonstrações aéreas com a Esquadrilha da Fumaça (apenas no dia 29 jul), exposição de aeronaves históricas, mostras de filmes, atividades educativas e visitas às salas temáticas do museu.

O MUSAL é o maior museu de aviação do hemisfério sul. Sua missão é preservar e divulgar o patrimônio cultural da Aeronáutica brasileira, por intermédio de seu acervo. A unidade oferece ao público atividades culturais e educacionais, aproximando os visitantes de temáticas relacionadas à aviação e à história da Força Aérea Brasileira (FAB).

Embora a entrada para o evento seja gratuita, o MUSAL sugere ao público que pratique solidariedade, levando um quilo de alimento não-perecível. Os mantimentos serão doados ao Instituto Casa Viva, organização atua em atendimento às necessidades da população em situação de vulnerabilidade social.

Haverá estacionamento nas proximidades do museu e um esquema especial de trânsito, que será divulgado no site do museu. O evento se estenderá até as 19h.

O MUSAL fica na Avenida Marechal Fontenelle, 2.000, no Campo dos Afonsos, Zona Oeste do município do Rio de Janeiro.

 

Assessoria de Comunicação Social da CISCEA

Texto: 2S QSS SIN Marcos Vinicius de Carvalho Santoro

Revisão: 2ª Ten ADM Ana Carolina Verta


CISCEA recebe visita de inspeção do DECEA
Detalhes
Publicado em 05/07/2023 15:24:00
Acessos: 180

A Unidade foi a sexta subordinada a ser inspecionada pela comitiva do DECEA

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) visitou, nesta terça-feira (04/07), as instalações da Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), em continuidade às visitas programadas do calendário de inspeções de 2023. A Unidade, que tem como atribuição a implantação de projetos voltados para o desenvolvimento do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB) e a modernização de sistemas já implantados, foi a sexta subordinada a ser inspecionada pela comitiva do DECEA.

 

As visitas de inspeção seguem o preconizado pela ICA 121-7 de 2023. Participando pela primeira vez como presidente da CISCEA, o Brigadeiro Engenheiro Alexandre Arthur Massena Javoski, destacou a importância da aproximação entre as duas Organizações. “Com a inspeção, conseguimos reorientar o nosso programa de trabalho de 2023 e já planejar as principais ações para 2024, sempre buscando o aprimoramento do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro”, disse o Oficial-General durante a reunião de abertura.

 

    

Após a apresentação dos inspetores e suas contrapartes, os profissionais iniciaram as averiguações dos setores, as avaliações de possíveis pendências e apontaram as oportunidades de melhorias na Organização Militar, que possui 365 profissionais em seu efetivo. Os representantes das duas unidades discutiram assuntos como o Plano Setorial (PLANSET), governança, capacitação de pessoal e a condução do Plano de Logística Sustentável, sendo um dos principais destaques abordados durante a inspeção.

No encerramento, o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Alcides Teixeira Barbacovi, exaltou o trabalho realizado pela CISCEA para o SISCEAB e toda a Força Aérea Brasileira. “Precisamos estar sempre em plena transformação, promovendo melhorias na administração, capacitação e no emprego dos recursos. E hoje vimos o quanto a Unidade está empenhada em todas as suas implementações”, destacou Tenente-Brigadeiro Barbacovi.

Participaram da visita o Chefe do Subdepartamento Técnico (SDTE), Brigadeiro Engenheiro Alessander de Andrade Santoro; o Chefe do Subdepartamento de Administração (SDAD), Brigadeiro Engenheiro André Eduardo Jansen e demais inspetores. A próxima Unidade a receber a comitiva de inspeção do DECEA será o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), no dia 18 de julho.

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Texto: Tenente Raphaela Martorano
Imagens: Luiz Eduardo Perez
Revisão: Major Aviador Lopes